Home          Doença Celíaca e Sensibilidade ao glúten           Quem somos        Fale Conosco         

 

Doença Celíaca

Manual do Celíaco
Perguntas freqüentes
Materiais p/ Download
Sensibilidade ao glúten
Dieta sem Glúten
Dermatite Herpetiforme

Doença Celíaca e problemas bucais

Doenças associadas
Doenças Autoimunes
Diabéticos
Autistas
Síndrome de Down
Epilepsia
Alergia X Intolerância
Receitas sem Glúten 1
Receitas sem Glúten 2

Receitas para

Máquina de pão

Receitas diet  Sem Glúten

Lista de produtos sem Glúten

Onde Comprar
Notícias
Artigos Científicos
Artigos traduzidos
Livros publicados
Espaço Infantil
Leis e Documentos

Orientação para Restaurantes

 

 

Links Importantes:

 

RIO SEM GLÚTEN

no Facebook:

clique para conhecer

 

Portal da

FENACELBRA 

 

Página da

ACELBRA-RJ

 

 

Guia de Restaurantes para Celíacos e Alérgicos em todo o mundo.

  

Revista

Vida Sem Glúten e Alergias

 

 

Informações para Turistas 

 

 Informaciones para los Turistas 

 

 Tourist  

 

 

Foto: Denise Videira

 

 

 

                                                                                                                        

A Doença Celíaca pode ter vários sintomas e estar associadas  com outras enfermidades.

Aqui poderemos ler alguns artigos esclarecedores sobre vários assuntos.

 

- Lista de doenças associadas à doença celíaca ( clique aqui )

 

- Lista de doenças provavelmente associadas à doença celíaca ( clique aqui )

 

 

 

DOENÇAS AUTO-IMUNES MAIS COMUNS ASSOCIADAS À DOENÇA CELÍACA

 

Clique nos tópicos para ler cada artigo:

 

 

   ENXAQUECA

A enxaqueca é uma mal comum aos celíacos. Cerca de 4% de pessoas que sofrem com enxaqueca são celíacas. Hoje sabemos que uma dieta alimentar mais equilibrada pode ajudar a evitar crises.

 

Quais alimentos provocam a enxaqueca?             

 

A síndrome enxaqueca é clinicamente definida como uma cefaléia intensa, episódica e latejante, geralmente em um lado da cabeça. Supostamente, é de origem vascular.

Segundo estudos, 20% dos casos de enxaqueca estão relacionados a fatores nutricionais. Níveis elevados de lipídeos plasmáticos e ácidos graxos livres são fatores que predispõe à agregação plaquetária, redução de serotonina e aumento de prostaglandinas, tornando-se assim, fatores de desencadeamento de enxaqueca. Alguns estudos demonstram que a deficiência de magnésio pode representar um importante papel no desenvolvimento da enxaqueca no período menstrual e algumas evidências sugerem que a isoflavona, encontrada na soja, age como modulador dos receptores seletivos naturais do estrógeno, diminuído as crises.

Outros dois fatores que podem também contribuir para o desencadeamento de crises são a presença de Helicobacter pylorum (detectado através de endoscopia) e hipoglicemia reativa. As substâncias que causam modificações no tônus vascular, desencadeando as crises, são:

- Tiramina, presente no leite, queijos curados e ricota;
- Fenilalanina, presente em bebidas a base de cola e outros alimentos industrializados;
- Flavonóides enólicos e álcool, presentes no vinho tinto;
- Aditivos Alimentares (glutamato de sódio, aspartame e nitrato de sódio), presentes no adoçante e temperos industrializados;
- Cafeína, presente no café, chá preto, chá mate e chocolates;

Além destas substâncias, outros alimentos também são responsáveis pelas crises, como frutas cítricas e alimentos gordurosos(como carne de porco, amendoim, nozes...). O mais adequado seria eliminar os alimentos suspeitos, para melhora do quadro, e em seguida reintroduzí-los aos poucos na dieta a fim de detectar os responsáveis.

Existe uma mistura de dois componentes que melhora muito estas crises, a água de coco, pois hidrata e repõe sais minerais e o gengibre em pó, que tem a função de diminuir o processo inflamatório, pois inibe a produção das prostaglandinas e conseqüentemente a dor. Deve ser ingerido um copo de água de coco (200ml) para uma colher de chá de gengibre em pó, após meia- hora a dor terá cessado ou pelo menos diminuído. Como prevenção, pode ser consumido em dias alternados.

 

 
 
 
 
 

RECEITAS sem glúten

Blogs:

 

Sabores da Cozinha
sem glúten

(Josy Gomez)

 

Cozinhando sem glúten

(Gilda Moreira)

 

Receitas sem glúten e sem leite da Claudia Marcelino

 

 

Chef Carla Serrano     

 


Débora Pusebon

Sem gluten sem lactose

 

 

Natural Cuisine

 

 

 

Blog sobre as desordens

causadas pelo glúten:

coleção de textos traduzidos

 

 

Blogs de Celíacos membros da

ACELBRA-RJ

Clique nas imagens:

 

 

 

 

Laboratórios para análise de presença de glúten em alimentos:

 

LABCAL - UFSC

www.labcal-cca.ufsc.br/

labcal@cca.ufsc.br

 

 Rod. Ademar Gonzaga, 1346 Itacorubi - Florianópolis - SC CEP 88034-001

TEL (48) 3721-5391 

(48) 3721-5392 

FAX (48) 3334-2047

 

 

Food Intelligence - SP

www.foodintelligence.com.br

 

LABORATÓRIO DE ANÁLISE DE ALIMENTOS LTDA

Rua Pássaros e Flores, 141 Bairro Jardim das Acácias

São Paulo - SP

CEP 04704000

Tel (11) 5049.2772

Fax (11) 5049.2100

 

Licença Creative Commons
This work by www.riosemgluten.com is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Compartilhamento pela mesma licença 3.0 Unported License.

                                                                                                                                Última atualização: 22 março, 2014